AÇAÍ E SUA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL

Barrinhas de cereais, iogurtes, sobremesas lácteas e até cosméticos são alguns dos alimentos que podem ser feitos com açaí, sem contar no consumo in natura. A fruta, além de se tornar cada vez mais famosa e de ajudar no desenvolvimento das regiões produtoras, tem uma característica bem importante: sua produção é altamente sustentável.

 

Um dos motivos é porque todas as partes do açaizeiro podem ser aproveitadas para se fazer algum produto, segundo indica a tabela:

Raiz: Quando nova, é usada como chá vermífugo.
 

Tronco (estipe): Usado em construções rurais, como ripa e caibro, e para móveis leves.
 

Fruta: Com ela se faz vinho de açaí, polpa congelada, sorvete, geleia, corantes, bombons,      etc.
 

Cachos (de onde as frutas são tiradas): Servem como vassouras, adubo ou, se queimados, como repelente natural contra insetos.
 

Coaratá (que cobre o cacho): Usado como rede para bebês e barco de brinquedo.
 

Parte elevada do caule: É de onde se extrai o palmito de açaí, que pode ser retirado sem matar a árvore, o que significa uma exploração sustentável.
 

Palha: Usada em casas como telhado e é matéria-prima de tapetes e outros objetos artesanais.
 

Caroço: Dele é feito adubo, joias ecológicas, como colares e pulseiras e é usado, também, na substituição de carvão e lenha.

Outra questão relevante é sobre o plantio das árvores. É importante que os açaizeiros sejam plantados de forma a gerar menor impacto possível. De acordo com os especialistas, não se deve tirar toda a vegetação e deixar só os açaizeiros plantados sozinhos, porque essa monocultura abre espaço para pragas. O mais correto a fazer é manter o equilíbrio entre o açaizal e a floresta de várzea.

A biodiversidade ao redor pode ajudar, protegendo as plantas do sol, da erosão nas margens dos rios e da proliferação de ervas daninhas e das pragas. Esse método de plantação também é eficaz para a recuperação das áreas desmatadas e facilita o transporte rodoviário, sem depender do transporte fluvial, que é mais lento.
 

Os produtores continuam na busca pela forma mais sustentável de se trabalhar com o açaí. Para Roberto Smeraldi, da ONG Amigos da Terra, é preciso gerar uma cadeia produtiva associada ao território, vender açaí como produto legítimo da Amazônia. “Só assim transformaremos a vantagem competitiva em sustentabilidade permanente”, afirma.
 

Fonte: Revista Horizonte Geográfico, nº 134

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Segundo especialistas em saúde e nutrição, o Açaí é conhecido por ser o alimento energético preferido dos atletas. A Mister Açaí acredita no esporte como uma ferramenta que pode auxiliar o desenvolvimento social. Tanto o esporte educacional quanto o de alto rendimento, em suas diferentes modalidades, são capazes de contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade. As mudanças positivas podem ser inúmeras, desde os conhecidos benefícios à saúde, passando pela importância de promover lazer e entretenimento, até os ganhos para a autoestima dos praticantes e o reforço à noção de pertencimento que o esporte pode provocar.

Acompanhe nossa relação com esporte! Siga nos no Instagram @misteracaioficial !

Mister Açaí - Tel.: +55 (11) 3719-1900